Formatar uma franquia, se fosse fácil, qualquer um faria.

Apesar de muitos negócios apresentarem-se lucrativos e de certa forma, com fácil operação, quando falamos em atuar no #franchising, se a empresa não estiver muito bem formatada, o negócio pode se tornar um grande problema e trazer muita dor de cabeça e prejuízo.
Uma empresa devidamente formatada fica protegida contra situações que envolvem maiores riscos e consegue ter o controle real em suas mãos.
No mercado do franchising não existe espaço para “aventureiros” e nem para amadorismo. Um negócio lucrativo e excelente, pode se tornar catastrófico e inviável se lançado no franchising de maneira errônea.

Como funciona a formatação de franquia?

Uma empresa convencional atua de forma centralizada, com uma estrutura preparada apenas para os seus resultados.
Na franquia esta atuação é diferente. A marca passa a ter vários “sócios” e o gerenciamento e resultados de cada negócio é individual. Desta forma, quanto mais padronizado e estruturado o modelo de negócios, melhor serão os resultados. #sucesso #expansão
Para que franqueadora e franqueado tenham sucesso, todos precisam trabalhar juntos e seguirem regras, tanto comerciais, quanto administrativas. Entrar no franchising consiste em uma grande mudança para a empresa, principalmente no modo de pensar e atuar. É nessa hora que a formatação do negócio precisa acontecer. Um processo onde todos os setores da empresa são estruturados, passando por todas as etapas do negócio para no final, haver a transição.
Após este processo, toda a empresa estará preparada para atuar já nos moldes do franchising, entendendo quais os pontos fortes da marca, os diferenciais de mercado em relação aos concorrentes e todos os mecanismos que serão utilizados no pós formatação.

Por que contratar uma consultoria?

Uma consultoria especializada consegue entregar a formatação completa de um negócio. O papel da consultoria é levantar todas as informações sobre os processos da empresa, criar padronização, identificar os pontos fortes e potencializá-los, além de corrigir os pontos fracos. Também fica responsável pela elaboração de toda a documentação, passando pelo manual de boas práticas, padronização e identidade visual até a COF (Circular de oferta de franquia) e contrato de franquias, sempre respeitando a lei que rege o franchising. Caso a empresa ainda não tenha uma loja piloto, a consultoria auxiliará para a implantação da loja modelo, onde todos os testes serão feitos, para aí sim, iniciar-se a expansão.
Em outros casos, a própria empresa (franqueadora) pode ser a loja piloto, porém, com todos os testes e alterações necessárias após a formatação.

Ao final, será entregue ao empresário:

· Plano de negócios e projeção de resultados;
· Análise de viabilidade financeira;
· Pesquisa de concorrentes;
· Plano de expansão;
· Estratégias para exposição da marca captação de leads, crescimento e sucesso do negócio;
· Toda a documentação e registros.

Todo esse levantamento e entrega da formatação completa, tem seu processo agilizado quando uma empresa experiente está à frente. Os projetos são bem estruturados e com muita solidez. Também há uma maior agilidade na entrega, além da assertividade.

Por isso, se pensa em entrar para o segmento do franchising, não se aventure . Procure especialistas, caso o contrário, o sonho pode se tornar um grande pesadelo!

#consultoriaemfranchising #consultoria #franchising #expansão #business

Deixe um comentário